quinta-feira, 13 de julho de 2017

POLITICAMENTE FALANDO, É VERGONHOSO O QUE SE PASSA EM PORTUGAL!!!

Resultado de imagem para política
Imagem retirada do Google

Politicamente falando, é vergonhoso o que se passa em Portugal!!! Não há um dia, um só dia que não cheguem ao nosso conhecimento notícias sobre os mais horríveis e diversificados actos de corrupção e os políticos e governantes estão infalivelmente metidos nesses esquemas fraudulentos que têm contribuído para arruinar o País e reduzir à miséria uma grossa percentagem de portugueses que outrora viveram vidas desafogadas e felizes.

Eles, os políticos, servem-se dos cargos, quaisquer cargos para fazerem batota em benefício próprio, depauperando o Estado que depois não tem capacidade económica para propiciar à maioria dos trabalhadores as regalias sociais que por direito lhes pertencem.

São cometidos diariamente gravíssimos crimes de corrupção, daqueles de fazer corar de vergonha qualquer pessoa de bem, mas os seus autores, infinitamente descarados e sem qualquer pingo de ética, sorriem para as câmaras e respondem aos jornalistas que estão inocentes! Grande lata, a desses energúmenos! Eles gozam e brincam com o zé pagode! Roubam milhões, põem o País de tanga e depois o povo que pague.

Pois é, tudo isto acontece porque o povo, brando, desatento e fundamentalista, lhes permite tal ousadia.

Todos sabemos que os políticos são vergonhosamente cínicos, hipócritas e desonestos (que me perdoem os raríssimos casos de excepção), responsáveis pelo estado de bancarrota a que chegou o País e, consequentemente, pela extrema pobreza de centenas de milhar de famílias mas, inacreditavelmente, ainda há cidadãos, de todos os quadrantes políticos, também eles vítimas dos seus desmandos que os defendem com unhas e dentes e que, em caso extremo, até são capazes de dar a vida por eles. Tal comportamento fundamentalista, defendendo uns e combatendo outros, na medida em que são todos iguais é, aos meus olhos, uma repugnante obscenidade.

Enquanto o povo funcionar como "ovelhas" relativamente aos partidos, os políticos podem estar descansados e continuar a depauperar a economia do País.

terça-feira, 4 de julho de 2017

MORREU O INSIGNE PROFESSOR HENRIQUE MEDINA CARREIRA

Resultado de imagem para Prof henrique medina carreira
Imagem retirada do Google

O Professor Henrique Medina Carreira perpetuará para sempre na memória dos portugueses como uma das mais insignes figuras públicas da nossa história.

Um grande Homem. Uma figura pública exemplar. Um economista de uma dimensão estratosférica que dedicou uma boa parte da sua vida a estudar as causas dos graves problemas económicos do País e a dizer aos políticos e governantes o que era necessário fazer para Portugal entrar nos eixos.

Infelizmente, não lhe deram ouvidos e alguns, que ainda continuam em cena, até tentaram denegri-lo e ridicularizá-lo. Não o conseguiram porque os seus estudos encarnavam a realidade e depois, o tempo e os trágicos acontecimentos que levaram Portugal à bancarrota, deram-lhe sempre razão.

Que pena ver partir um Homem tão íntegro e com tanto saber! Como eu gostava de assistir às soberbas lições de economia que o Professor Medina Carreira dava através dos écrans da TVI! Era um economista rigoroso e realista que conhecia os problemas económicos do País como ninguém e que, em vida, deveria ter sido mais escutado.

Nesta hora de luto, presto minha modesta homenagem a tão sublime português e endereço meus sentidos pêsames a todos os familiares e amigos, bem como a todas as pessoas que, como eu, tinham pelo Professor Medina Carreira grande estima e consideração.

Paz à sua alma.


segunda-feira, 3 de julho de 2017

SELECÇÃO PORTUGUESA CONQUISTA 3º LUGAR NA TAÇA DAS CONFEDERAÇÕES

Resultado de imagem para Selecção conquista 3º lugar na taça das confederações
Imagem retirada do Google

Portugal podia ter chegado à final da Taça das Confederações se não tivesse cometido alguns erros contra a bem organizada equipa chilena. A equipa das quinas teve algumas soberanas ocasiões para inaugurar o marcador no jogo da meia-final contra o Chile mas tanto Cristiano Ronaldo como André Silva falharam golos que pareciam certos.
 
Em minha opinião, o Seleccionador não esteve bem ao colocar em campo André Gomes, um jogador lento que não faz pressing e vale zero a defender. Creio que prevaleceu o estatuto do jogador que actua no poderoso Barcelona, onde foi algumas vezes titular ao longo da época.
 
Por outro lado, Gelson Martins, Bernardo Silva, Pizzi e Danilo, não podem ficar no banco porque são jogadores de excelência e têm lugar, sem qualquer tipo de favor, na equipa titular. Nesse sentido, com toda a tranquilidade, o seleccionador deve proceder à renovação da equipa, substituindo os jogadores mais antigos, na casa dos trinta e tal anos que, sem dúvida alguma, prestaram relevantes serviços à Selecção Nacional e ao futebol português mas que, neste momento, já não estão à altura das jovens promessas lusitanas que tão boa conta têm dado do recado, tanto na equipa das quinas, quando são chamados, como nos clubes a que pertencem. Estes jogadores fazem parte do presente e do futuro da Selecção e se não tiverem qualquer infortúnio nas suas carreiras, irão dar muitas alegrias aos portugueses, tanto em representação das cores dos seus clubes como em representação das cores da Selecção Nacional.
 
Portugal participou pela primeira vez na Taça das Confederações e conquistou o último lugar do podium. Depois de 120 minutos de jogo, o resultado, teimosamente, não se alterou e depois, na lotaria dos penaltis, a sorte esteve do lado dos chilenos que acabaram por marcar três contra zero dos portugueses.
Em resumo, pode dizer-se que o 3º lugar é merecido porque nos dois jogos efectuados contra o México, na fase de grupos e no jogo de apuramento para o 3º lugar, Portugal foi mais forte e demonstrou em campo que é uma equipa com mais qualidade que a do México.

É de esperar que a nova geração de jogadores, com mais um pouco de experiência e maturidade, venha a fazer grandes conquistas e a contribuir para que a Selecção seja ganhadora, respeitada e temida pelos adversários.
 

segunda-feira, 26 de junho de 2017

MONSTROS HUMANOS APROVEITAM-SE DA DESGRAÇA ALHEIA!!!

Resultado de imagem para tragédia de pedrógão grande
Imagem retirada do Google

Foi noticiado que relativamente à imensa tragédia que se abateu sobre os concelhos de Pedrógão Grande, Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera, já foram detectadas contas solidárias falsas e que algumas casas, na ausência dos seus proprietários por terem sido evacuados, foram vítimas de assaltos.

Meu Deus, não consigo encontrar vocabulário adequado para classificar a frieza e a desumanidade desses monstros humanos!

O homem, sendo o animal mais inteligente e racional que habita o Planeta Terra, não deveria ser capaz de praticar actos tão vergonhosos e repugnantes.

Esses monstros humanos não merecem qualquer tipo de clemência por parte da justiça e devem ser severa e exemplarmente punidos pela justiça porque a impunidade propicia e encoraja o aparecimento de novos monstros.

Sinceramente, qual o castigo que mereciam estas pessoas?

Desabafem, digam o que vos vai na alma. Somos um País livre e democrático e, nesse sentido, tal espécie de criaturas merece todo o tipo de comentários, mesmo aqueles mais horrorosos e cruéis. "Quem não quer ser lobo, não lhe veste a pele".


sexta-feira, 23 de junho de 2017

A SELECÇÃO PORTUGUESA, CAMPEÃ DA EUROPA EM TÍTULO, TEM OBRIGAÇÃO DE JOGAR MAIS E MELHOR

Resultado de imagem para Taça das confederações - seleção portuguesa
Imagem retirada  do Google

Tenho visto todos os jogos desta edição da Taça das Confederações e gostei de ver alguns encontros, jogados com grande entrega e intensidade. As equipas em confronto são valorosas e têm proporcionado bons espectáculos.

No nosso grupo, os resultados têm sido equilibrados e apenas a Nova Zelândia ainda não pontuou mas fez a vida cara aos russos e aos mexicanos que estiveram a perder por 1-0 mas depois deram a volta ao resultado, acabando por chegar à vitória, 2-1.

Já no grupo B, Alemanha e Chile são as equipas mais fortes mas os jogos também têm sido equilibrados. A Alemanha ganhou`3-2 à Austrália e empatou 1-1 com o Chile; o Chile ganhou 2-0 aos camarões e empatou com a Alemanha; Austrália e Camarões empataram 1-1. Também neste grupo, os jogos foram intensos, com oportunidades de golo para ambos os lados, acabando a sorte por sorrir à equipa mais feliz.

A Selecção Portuguesa, em termos de jogo jogado, não me agradou e em meu entender não tem estado à altura do seu estatuto: Campeã da Europa em título. Empatou 2-2 com o México, sendo que os dois golos foram muito consentidos pela defesa que nesse jogo esteve muito mal. Depois, no segundo jogo com a Rússia, a equipa portuguesa fez uma boa primeira parte, durante a qual podia ter chegado aos 2-0, só não tendo acontecido porque Ronaldo e André Silva falharam três oportunidades flagrantes.

No primeiro jogo, Fernando Santos deixou ficar no banco jogadores titularíssimos como Bernardo Silva e Gelson e deu a titularidade a jogadores que já estão longe do que foram, nomeadamente, Nani e Moutinho. Por outro lado, insiste em André Gomes, um jogador que não cumpre o papel de transportar a bola e distribuir jogo, que não faz pressing nem defende e que se deixa desarmar demasiadas vezes durante a partida, por ser lento e mole.

É claro que o treinador é Fernando Santos e é ele que toma as decisões de colocar em campo os jogadores que entende serem os melhores para aquele jogo, baseado, com toda a certeza, em critérios rigorosos de avaliação dos jogadores, em função do que lhes pede nos treinos. Porém, dá para ver que se Fernando Santos tem colocado em campo no primeiro jogo os jogadores que defrontaram a Rússia, provavelmente teríamos vencido o México.

A equipa campeã da Europa tem que mostrar mais, tem que jogar mais e melhor, tem que ter posse de bola, fazer pressing, jogar mais unida e solidária e os jogadores mais próximos uns dos outros. Para além disso, os jogadores têm que entrar em campo tranquilos e com a máxima concentração, para não errarem tantos passes e perderem tantas vezes a bola, por vezes de forma caricata.

A Selecção portuguesa tem excelentes jogadores, muito bons tecnicamente, o que lhes permite levar a melhor sobre adversários fisicamente mais altos e mais fortes, desde que estejam concentrados e em boas condições físicas.

Vamos jogar o terceiro jogo contra a Nova Zelândia, supostamente a equipa mais fraca do grupo. Cuidado, porque os neozelandeses não são toscos e fizeram bons jogos contra a Rússia e o México. Para lhes ganhar, é necessário entrar em campo com garra e determinação, caso contrário, a Selecção Portuguesa pode até sofrer o desgosto de não se qualificar para as meias finais, caso a Rússia vença o México.


segunda-feira, 19 de junho de 2017

PEDRÓGÃO GRANDE - QUE GRANDE TRAGÉDIA!!! - PORTUGAL ESTÁ DE LUTO - É HORA DE SOLIDARIEDADE

Resultado de imagem para Incêndio de pedrógão grande
Imagem retirada do Google

Não há palavras que consigam descrever a dimensão da tragédia de Pedrógão Grande! Mais de seis dezenas de pessoas perderam a vida quando tentavam fugir das chamas ou combate-las. Não tiveram hipótese de escapar à fúria daquele gigantesco incêndio que nenhuma máquina humana conseguiria travar.

Algumas das imagens que chegaram aos portugueses através da televisão são tão terrivelmente dramáticas e chocantes que deixam qualquer ser humano perplexo e estarrecido.

Antes de discutir as causas do que aconteceu, é prioritário e urgente acudir àqueles que sobreviveram e que perderam os seus familiares e amigos mas também o fruto do trabalho de gerações. Marquês de Pombal, após o terramoto de 1755 que devastou aquilo que é hoje considerada a baixa lisboeta, proclamou como prioritária esta célebre frase: "cuidar dos vivos e enterrar os mortos".

Hoje, como há 262 anos, a prioridade é, sem dúvida, "cuidar dos vivos e enterrar os mortos".

Portugal é um País solidário e, neste momento, aposto que uma enormíssima percentagem da população portuguesa se prepara para generosamente contribuir para apoiar as vítimas de tão grande tragédia. Infelizmente, aos mortos  não é possível restituir a vida. Porém, será possível, com o amor e a solidariedade dos portugueses, restituir os bens materiais a quem tudo perdeu.

Esta é uma das raras ocasiões em que se justifica plenamente a mobilização geral da população portuguesa para ajudar os nossos irmãos que estão em grande dificuldade em vários locais do concelho de Pedrógão Grande. É preciso garantir que todo o dinheiro e outro tipo de ajudas chega às vítimas e que não se vão verificar os casos e injustiças que noutros acontecimentos trágicos ocorreram.

Neste momento, foram já criadas diversas contas solidárias para recolha de donativos a favor das famílias afectadas. Deixo aqui duas:

Caixa Económica Montepio Geral - IBAN: PT50 0036 0000 99105922157 78
Caixa Geral de Depósitos               - IBAN: PT50 0035 0001 00100000330 42 

quinta-feira, 15 de junho de 2017

FUTEBOL PORTUGUÊS - OS JOGADORES SÃO BRILHANTES MAS OS DIRIGENTES SÃO PÉSSIMOS

Resultado de imagem para Símbolos dos 3 grandes do futebol português
Imagem retirada do Google

Com uma frequência impressionante, são noticiados casos graves no futebol português que põem em causa o mérito desportivo dos títulos conquistados dentro das quatro linhas pelos Clubes, cuja origem denunciante está quase sempre associada aos três grandes Clubes portugueses, fazendo acusações muito graves, mutuamente, nos momentos em que melhor lhes convém, provavelmente para amenizar frustrações e desviar as atenções dos seus próprios problemas.

Estes casos são frequentes e, por exemplo, no caso do "APITO DOIRADO", foi o Benfica que teve uma acção acusatória mais preponderante em que os seus dirigentes tudo fizeram para que o Clube visado, o Futebol Clube do Porto, fosse devidamente sancionado pelos diversos crimes que supostamente lhe eram imputados e amplamente noticiados na comunicação social. Havia escutas que confirmavam os crimes mas foram consideradas ilegais e não serviram de prova. Nesse sentido, um processo judicial que continha matéria incriminatória muito grave, acabou por dar em nada, acabando o Futebol Clube do Porto e os seus dirigentes por passar pelos intervalos da chuva sem se molharem, facto que constituiu um rude golpe e mais uma oportunidade perdida para irradiar alguns maus dirigentes e regenerar e credibilizar o futebol português.

Por onde andava nessa altura o director de comunicação do FCP? Andava desaparecido? Ah!... mas agora aparece cheio de moral a exigir sanções severas contra o Benfica, tendo como suporte de acusação uns mails trocados entre duas pessoas que não são dirigentes  e sem qualquer responsabilidade na gestão do Sport Lisboa e Benfica e que nada provam quanto a eventuais actos de corrupção na área da arbitragem. Por bem que o director de comunicação do FCP se esforce, o "caso dos mails" nunca atingirá a gravidade do processo "Apito Doirado". Cá estaremos para assistir à sua investigação.

Mas todos se lembram também do "CASO CARDINAL" que envolveu um vice-presidente do Sporting, Paulo Pereira Cristóvão, acusado de ter dado instruções a Rui Martins para se deslocar à Madeira e depositar 2.000 euros na conta de José Cardinal, na véspera de um jogo entre o Sporting e o Marítimo, para o qual o árbitro assistente estava nomeado. Este esquema tinha como finalidade, fazer crer que o árbitro foi subornado para prejudicar o Sporting mas a trafulhice foi descoberta e Paulo Pereira Cristóvão foi constituído arguido e depois condenado a 4,5 anos de prisão com pena suspensa, por dois crimes de peculato, uso indevido de dinheiro e bens do clube e por denúncia caluniosa agravada do antigo árbitro assistente. Não vi nem ouvi, nessa altura, os dirigentes do Sporting reclamarem a descida de divisão do Clube de Alvalade e a perda dos títulos conquistados, como estão agora a reclamar em relação ao Benfica.

Como desportista, desgosta-me ver continuamente estes "casos" no futebol português. Os jogadores são brilhantes mas os dirigentes são péssimos e, nesse sentido, há que sancionar severamente, com a irradiação, todos aqueles que prevaricam. Essa gente envergonha o nosso desporto-rei e são um entrave ao seu maior sucesso. No caso dos "mails" atribuídos a pessoas ligadas ao Benfica, se se vier a provar matéria incriminatória que sejam também punidos com a pena de irradiação.

Quanto à Instituição Sport Lisboa e Benfica, não me parece que tenha qualquer responsabilidade na troca dos referidos mails, pelo que me parecem graves e profundamente excessivas as acusações que lhe foram directamente endossadas pelo director de comunicação do FCP, com base numa troca de correspondência informática entre duas pessoas que nem sequer pertencem aos Órgãos Sociais do SLB.

Perante acusações tão graves, do director de comunicação do FCP, a Instituição Benfica tem que reagir o mais breve possível, desmentindo o tão publicitado "esquema de corrupção" e defender o seu bom nome, entregando o "caso" nos tribunais.

À margem de tudo isto, já se encontram na Rússia os nossos Bravos Guerreiros da Selecção Nacional para disputar a Taça das Confederações, a quem desejo grande sucesso.