sábado, 7 de abril de 2018

BENFICA - ESTRELINHA DE PENTACAMPEÃO?

Benfica vence em Setúbal (2-1) com golo nos descontos
Imagem retirada do Google                  Jiménez, o herói do jogo

O Benfica foi a Setúbal arrancar uma vitória a ferros, perante um Vitória bem organizado, aguerrido e competente, por 2-1, sendo de realçar que o golo da vitória foi marcado já em tempo de descontos, para além dos 90 minutos, por Jiménez, na transformação de uma grande penalidade, ele que acaba por ser o herói do jogo, uma vez que já havia sido o autor do primeiro golo, aos 28 minutos da primeira parte.

Hoje, a equipa do Benfica não correspondeu às expectativas da sua massa associativa porque fez um jogo pobrezito. Na primeira parte, o Benfica entrou mal no jogo e sofreu  um golo logo aos 3 minutos. Porém, a equipa encarnada, após o golo do Setúbal, reagiu e, a partir daí, pegou no jogo e criou uma série de oportunidades, acabando por empatar aos 28 minutos e até ao final da primeira parte teve oportunidades para desfazer a igualdade mas a má pontaria dos jogadores benfiquistas e as boas intervenções do guardião sadino não o permitiram.

Na segunda parte teve registou-se um claro ascendente da equipa vitoriana e o Benfica passou a ter ainda mais dificuldades para chegar ao golo da vantagem. Pelo contrário, a equipa setubalense criou 3 boas ocasiões para marcar mas essas ocasiões foram inacreditavelmente desperdiçadas, salvando o Benfica de sair do Estádio do Bonfim com o peso de uma derrota. Na verdade, tendo em conta toda a história do jogo, a equipa sadina merecia o empate.

Face à conjugação de resultados que se têm vindo a verificar nas últimas jornadas, as derrotas do  F. C. Porto em Belém  e do Sporting em Braga e ainda com esta vitória sofrida do Benfica em Setúbal, parece que há uma estrelinha da sorte a iluminar o Benfica e a abrir-lhe o caminho para chegar ao tão ambicionado PentaCampeonato. 

Jonas é um jogador fundamental na equipa encarnada e é o seu grande goleador. Se a lesão que Jonas sofreu durante o aquecimento obrigar o jogador brasileiro a ficar afastado durante 1, 2 ou mais jogos, então essa ausência pode vir a reflectir-se nos resultados e a impossibilitar o Benfica de chegar ao PENTA.

quinta-feira, 5 de abril de 2018

CRISTIANO RONALDO JÁ CONQUISTOU A IMORTALIDADE!!!

Foto de Jorge Amaral.
Imagem retirada do Google

CRISTIANO RONALDO, o melhor jogador do Mundo, depois de bater todos os recordes e conquistar tudo quanto havia para conquistar a nível individual e colectivo, também já conquistou a imortalidade aos 33 anos de idade! É absolutamente brilhante a sua carreira de futebolista! As gerações futuras, daqui por 50, 100, 200 ou 500 anos, hão-de continuar a falar e a recordar as suas conquistas, maravilhando-se com os seus admiráveis e inigualáveis feitos.

Cristiano Ronaldo, é o menino pobre e simples nascido na Madeira que iniciou a carreira futebolística aos 8 anos no Clube Futebol Andorinha de Santo António, passando depois para o Nacional, antes de rumar ao Sporting Clube de Portugal em 1997 e, a partir daí, despontar para uma brilhantíssima carreira profissional que o levou ao mais alto patamar do futebol mundial, mercê da sua indómita vontade de vencer e da sua férrea disciplina no trabalho, cumprindo rigorosamente horários e treinando sempre mais do que todos os outros colegas.

Cristiano Ronaldo é um grande exemplo para todos aqueles que se queixam da pouca sorte na vida e que nascer pobre é o factor determinante para o seu insucesso. Cristiano Ronaldo provou de forma absolutamente categórica que nascer pobre no seio de uma família humilde não é impeditivo de nada, assim exista mentalidade forte e uma grande vontade de vencer, tal como tem feito o MELHOR JOGADOR DO MUNDO.

No último jogo disputado em Itália, contra a fortíssima equipa da Juventus, a contar para os quartos de final da Liga dos Campeões, Ronaldo esteve imperial e voltou a ser decisivo na construção do resultado (3-0), ao marcar 2 golos e fazer a assistência para o terceiro.

Porém. a sua estrondosa exibição neste jogo, ficou brilhantemente marcada com o seu fabuloso golo de pontapé de bicicleta que levou o público afecto à equipa da casa a aplaudir o jogador português, de pé, rendido àquela soberba execução! O golo correu todo o planeta e a imprensa mundial esgotou toda a adjectivação nos elogios que lhe dedicou.

Parabéns Ronaldo! És um ídolo para mim. Agradeço-te todas as grandes alegrias desportivas que me tens proporcionado e desejo-te toda a felicidade do Mundo.

Portugal tem uma enorme dívida para contigo. Uma dívida que não tem preço. O nome de Portugal está na moda. Não há ninguém no Mundo que não conheça o jogador português Cristiano Ronaldo. Portugal nunca foi tão conhecido, graças à sua brilhante carreira futebolística e, por isso mesmo, Ronaldo tem sido e continua a ser o maior e melhor Embaixador de Portugal em todo o Mundo. Ele, sim, ao contrário de tantos outros, merece todo o tipo de condecorações, por serviços relevantíssimos prestados a Portugal e aos portugueses.

segunda-feira, 2 de abril de 2018

À 28ª JORNADA O BENFICA CONQUISTA O 1º LUGAR!

Imagem relacionada
Imagem retirada do Google

Cerca das 23 horas quando liguei a televisão, deparei com a informação na SIC que o Futebol Clube do Porto tinha perdido com o Belenenses, no Estádio do Restelo, por 2-0! Fiquei surpreendido! Ninguém estaria à espera que os portistas, possuindo uma equipa superior, fossem hipotecar a liderança no Campeonato, à 28ª jornada, no confronto com os azuis do Restelo.

De facto o futebol não é uma ciência exacta. As equipas mais cotadas, de vez em quando também perdem pontos com equipas menores e hoje, isso aconteceu com o Futebol Clube do Porto, uma equipa que tem demonstrado alguma superioridade sobre os seus eternos rivais e que, por isso mesmo, comandou a classificação desde a 5ª à 28ª jornada e chegou a ter 8 pontos de vantagem sobre o Benfica que agora passa para a frente da classificação com 71 pontos.

Mercê das derrotas de Sporting e Futebol Clube do Porto, o Benfica passa agora a ser o líder com mais 1 ponto do que os portistas e mais 6 pontos relativamente ao Sporting. É claro que nada ainda está ganho pois ainda faltam 6 jornadas e tudo pode ainda acontecer. No entanto, face às inúmeras dificuldades do início da época, em que tudo lhe correu mal em todas as competições, chegando a estar a 8 pontos de distância de Futebol Clube do Porto e Sporting, o Benfica acertou o passo e desde a 8ª jornada tem feito um percurso brilhante, facto que lhe permitiu aproveitar os deslizes dos seus rivais e chegar ao primeiro lugar à 28ª jornada com 22 vitórias, 5 empates, 1 derrota, 73 golos marcados e 16 sofridos e 71 pontos.

O mafioso futebol jogado fora das quatro linhas ao longo de toda a época, é algo que emporcalha e envergonha o desporto nacional. Os dirigentes não olham a meios para alcançar os seus fins. Fazem acusações graves que depois não são confirmadas e nada acontece. As autoridades competentes já deviam ter feito alguma coisa para credibilizar o desporto-rei e punir aqueles que lhe têm feito mal.

A Instituição Benfica tem sido sistematicamente atacada com acusações gravíssimas desde o início da época que ainda não foram provadas, mas pelos vistos, tal situação não desestabilizou a sua principal equipa de futebol que continua a ganhar jogos e a praticar bom futebol. 

Dêem visibilidade aos verdadeiros artistas, às figuras principais do futebol que são em primeiro lugar os jogadores e depois os treinadores. Acabem com a vergonha em que se transformou o futebol.


terça-feira, 20 de março de 2018

SERÁ MALDADE OU SERÁ NEGÓCIO?

Resultado de imagem para Vandalismo de carros
Imagem retirada do Google

Já não é a primeira vez que me deparo com surpresas desagradáveis ao acordar, umas vezes é o carro riscado outras vezes são os vidros partidos. Desta vez foi o óculo traseiro, numa noite de chuva que deixou o interior do carro completamente inundado. 

Sempre que estas coisas acontecem, não posso deixar de pensar: porquê tanta maldade no coração dos homens? Para muitos seres humanos, fazer mal, é o seu desporto favorito. E fazem mal por tudo e por nada, causando incómodos e prejuízos a pessoas que nem sequer conhecem. Chegar a um qualquer sítio e riscar ou partir os vidros de um carro, é um acto ignominioso e covarde, próprio de gente da pior espécie que é capaz de cometer todo o tipo de crimes.

Infelizmente, este tipo de vandalismo prospera no nosso País porque as autoridades não fazem o que devem relativamente aos seus criminosos autores. As autoridades fogem desses gangs como o diabo foge da cruz, deixando que os seus constantes crimes gozem de total impunidade. E não agem, provavelmente, por terem medo dos seus actos de vingança, permitindo, dessa forma, que muita gente inocente seja vítima das suas maldades e, por outro lado, permitem também que essa gentalha se sinta poderosa e intocável e, por isso mesmo, completamente à vontade para continuar a cometer toda a espécie de crimes. ´

Por vezes já fico confuso e até já tenho dúvidas se este tipo de vandalismo não será também um negócio, porque não sejamos ingénuos, alguém vai lucrar com o arranjo dos estragos. Sinceramente, com tudo o que já vi ao longo da minha vida, já nada me admira. Já não é a primeira vez que oiço notícias sobre este tipo de vandalismo, por vezes em dezenas de carros de uma só vez. Será só maldade pura ou haverá outros interesses por detrás?

Deixo no ar a minha dúvida mas adianto que esta coisa de vandalizar com intenção de daí tirar proveito, acontece frequentemente noutros sectores. Não é isso que acontece com uma grande parte dos incêndios que têm devastado as nossas florestas? Não é isso que acontece com gente que mata para receber os seguros das vítimas? Não é isso que sucede com fogos-postos em grandes Empresas para depois poderem receber os respectivos seguros? E não é isso que sucede actualmente, na era da informática, com os vírus e os anti-vírus. Não são as próprias empresas que lançam os vírus para depois facturarem milhões com a venda dos anti-vírus?

Vivemos num mundo louco de grande insensibilidade e crueldade, onde ninguém olha aos meios para atingir os seus fins. Pobres daqueles que são vítimas inocentes destes marginais sem lei nem roque e que sofrem danos materiais e físicos, por vezes irreparáveis.


segunda-feira, 19 de março de 2018

SÃO NECESSÁRIAS MAIS ALBUFEIRAS

Imagem relacionada
Imagem retirada do Google

"Não há mal que sempre dure nem fome que não dê em fartura"! A chuva tem caído intensamente ao longo de todo o País desde o início de Março. Neste momento já não há situações de seca em nenhum ponto do País e as albufeiras já se encontram com uma capacidade acima dos 80%.

Portugal é um território com um clima privilegiadíssimo e a natureza tem sido mais que magnânima, uma vez que todos os anos chove abundantemente em todas as regiões do País. Nesse sentido, a falta de água nas albufeiras nos meses de Verão e até do Outono, não tem qualquer tipo de justificação.

A falta de água deve-se à incúria de autarcas e governantes que ao longo das últimas décadas ignoraram as mudanças que se vêm verificando no clima, não tomando medidas compensadoras, construindo mais albufeiras e alargando as que já existem para que a captação e o armazenamento de água aumente significativamente e possa continuar a garantir o regular abastecimento em todo o País.

Em Portugal não se actua preventivamente. Governo e autarquias andam sempre a reboque das tragédias. Nada é feito atempadamente, antes mesmo de surgirem os primeiros indícios de insuficiências. É de facto um péssimo hábito que tem causado grandes tragédias e o consumo desnecessário de grandes somas de dinheiro para reparar o que foi destruído e que podia ter sido utilizado no bem-estar da população.

Depois de tudo o que tem acontecido nos últimos anos devido à carência de água, é necessário que governo e autarquias, em plena sintonia, criem rapidamente projectos para captação e armazenamento de água, ao longo de todo o País para que o bem mais precioso e indispensável à vida humana não falte aos portugueses.

Não podemos continuar a ver correr, imparável e descontroladamente, para o mar, o precioso e necessário  líquido de que tanto necessitamos. 

Governantes e autarcas, acordem e sejam responsáveis e competentes.


quinta-feira, 15 de março de 2018

JUSTIÇA À PORTUGUESA!

Resultado de imagem para Justiça
Imagem retirada do Google

Segundo notícia veiculada pelo jornal Correio da Manhã de 14-03-2018, uma prostituta combinou encontrar-se com um indivíduo no dia 1 de Março de 2015, para uma sessão de sexo. 

Ao chegar à residência combinada no dia e hora marcada, encontrou o namorado da mulher que imediatamente o imobilizou e o amarrou e que depois de lhe roubar todos os pertences e o obrigar a revelar os códigos bancários, o asfixiou até à morte.

Neste caso, foi a prostituta que armou a cilada ao indivíduo, de modo consciente e premeditado. Ela sabia o que ia acontecer ao infeliz e, mesmo assim, levou o embuste até ao fim, entregando o pobre homem nas mãos do namorado assassino. 

Depois, para se verem livres do cadáver, tentaram desmembrar o corpo com uma faca mas não conseguiram. Então utilizaram uma tesoura em aço para cortar o cadáver em dois, depositando depois os restos mortais num terreno baldio, os quais viriam a ser encontrados em Novembro do mesmo ano.

Agora veja-se o desempenho da justiça!:

O Supremo Tribunal de Justiça condenou o criminoso a 16 anos e a criminosa a seis anos de prisão porque os juízes entenderam que a mulher não foi responsável pelo homicídio mas apenas pelo roubo.

No Tribunal de 1ª Instância, o criminoso foi condenado a 22 anos de prisão e a criminosa a 6 anos, porque também o Tribunal de Júri entendeu que a mulher não participou no homicídio. Porém, o Tribunal da Relação condenou a mulher a 20 anos mas o Supremo voltou a reduzir-lhe a pena para os 6 anos.

Então esta mulher não tem tanta ou mais culpa do que o namorado? Não foi ela que preparou a armadilha fatal ao infeliz,  com a promessa de sexo, sabendo como iria terminar toda aquela trágica história? 

Como puderam os juízes encontrar atenuantes no comportamento desta mulher relativamente ao namorado, se os dois arquitectaram e levaram a cabo tão macabro crime? Ela só teria atenuantes se não concordasse com o crime e tivesse feito tudo ao seu alcance para o evitar, o que não foi o caso.

É mais uma nódoa negra na justiça à portuguesa que deve envergonhar alguns dos magistrados que não se revêem em decisões deste tipo.




segunda-feira, 12 de março de 2018

SÉRGIO CONCEIÇÃO! QUE COMPORTAMENTO VERGONHOSO!!!

Imagem retirada do Google

No final do jogo Paços de Ferreira/Futebol Clube do Porto, o treinador dos azuis e brancos protagonizou mais uma cena lamentável, para não dizer vergonhosa, ao não ter cumprimentado o técnico do Paços, quando este lhe estendia a mão. Sérgio Conceição, de cabeça perdida, recusou cumprimentar o colega de profissão que educadamente lhe estendia a mão, ao mesmo tempo que lhe dirigia palavras recriminatórias sobre o comportamento da sua equipa durante o jogo que, no seu entender, abusou do anti-jogo.

Sérgio Conceição tem que ter fair play nas vitórias e nas derrotas e tem que saber valorizar o trabalho do treinador e da equipa adversária quando conseguem criar problemas à sua equipa, empatando ou ganhando os jogos. Quando se inicia uma partida de futebol há três resultados possíveis: vitória, empate ou derrota e por muito que custe ao treinador do Porto, a sua equipa não está livre de poder ter uma tarde ou uma noite má, tal como aconteceu em Paços de Ferreira e perder. Na verdade, a equipa do Porto, no jogo de domingo à noite, não teve arte nem engenho para levar de vencida a aguerrida equipa do Paços que lutou muito durante todo o jogo, com as suas armas, para marcar um golo e impedir que a sua baliza fosse violada. Se há alguém culpado de o Porto ter sofrido a primeira derrota nas competições nacionais relativas à época em curso, esse alguém é Sérgio Conceição que não soube  encontrar soluções para contrariar a táctica pacense.

O falhanço da equipa portista foi bem visível durante todo o jogo, ao ponto de ter falhado uma grande penalidade que no entender da maioria dos comentadores desportivos, não existiu falta merecedora de tal castigo.

Ora, nesse sentido, ficou uma vez mais bem patente o mau feitio do treinador portista que não foi capaz de se conter perante o desaire da primeira derrota e reagir com cordialidade e fair play para com o treinador e os jogadores da equipa adversária.

O problema do anti-jogo acontece quase sempre entre as equipas menos cotadas e mais cotadas. O que aconteceu com o Porto, acontece com o Benfica e com o Sporting, frequentemente, quando jogam com as chamadas equipas "mais pequenas".

Há que saber ganhar e há que saber perder. Os adversários têm que ser respeitados. Quem não respeita os adversários, anda a mais no desporto e deve retirar-se. O futebol português necessita de agentes desportivos com ética e com moral que vejam o desporto pelo desporto, sem quaisquer outros interesses associados.